Hoje continuamos com nossa série de 7 dicas para imprimir seus materiais com segurança. A segunda dica que daremos é para que trabalha com linhas em seus impressos. Você já se perguntou qual a espessura indicada para a impressão offset de uma linha? Pois bem, então se prepare para um pouco mais de dicas de impressão da Gráfica Online, Loja Gráfica Eskenazi:

Dicas de impressão: Trabalhando com linhas finas

Nunca utilize linhas muito finas, para que seu arquivo não tenha chances de apresentar falhas de impressão. Linhas muito finas podem sair tracejadas, sem nitidez, ou podem simplesmente não aparecer por ser muito fina.

O correto é trabalhar com linhas acima de 2 pt para o uso de um único pigmento de cor (como 100% de preto). Uma linha de 2 pt é o mínimo aceitável para reduzir a chance de erros na impressão apenas de linhas com apenas 1 pigmento.

Para linhas que utilizam mais do que 1 pigmento do sistema CMYK, estes valores devem ser ainda maiores. Se você quiser uma linha vermelha, por exemplo, você irá utilizar dois pigmentos para alcançar este tom (C=0, M=100, Y=100, K=0). Portanto, você deverá trabalhar com linhas de no mínimo 4 pt para evitar a probabilidade de falhas.

Se estas normas não forem seguidas, estas linhas podem sair borradas, pois terá muita tinta em um curto espaço de impressão, que pode resultar no seguinte efeito:

dicas de impressão linhas finas

Reparem que ao imprimir uma linha vermelha com menos de 4pt, os pigmentos amarelo e magenta acabam vazando um pouco fora do espaço da linha e cria-se este efeito borrado de várias cores. E este “defeito” fica ainda pior se utilizado 3 ou 4 pigmentos em uma linha fina.

Então, como regra geral, aplicamos no mínimo 2 pt em linhas de apenas uma cor. E aplicamos um mínimo de 4pt em linhas com mais de um pigmento, como é o caso do vermelho citado acima.

dicas-de-impressao-linha-espessura-exemplo